sábado, 11 de abril de 2009

Sobre ficar em branco

Sou teu. Sempre fui só teu. Tu dominas meu coração, comanda meus sentimentos.

Serei este que te declama poesias, que tenta te agradar, mesmo que sem sucesso.

Teu olhar denuncia, estás sem graça, bochechas coradas perante a algum elogio.

Minha avassaladora paixão que consome meu ego e é emanada de meu coração. Minha paixão, eu quero a ver, sentir teu perfume e olhar teus belos olhos. Saber que nada passara de um sonho e que um dia já fui teu escolhido.



Matheus.

12 comentários:

  1. Quero alguém pra me amar assim.

    ResponderExcluir
  2. eu adoro por demais os 'sentimentais de merda' eheuhe ;)

    ResponderExcluir
  3. *-* é tão bonito o seu texto, tão puro. Obrigada por dizer que eu escrevo bem.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, tão lindo, simples, puro e romântico! Tomara que a inspiração, o tenha lido.

    Adorei aqui!
    Beijos,
    Mi. ;*

    ResponderExcluir
  5. UAAAU :x ok, eu não sei o que dizer.

    ResponderExcluir
  6. "bochechas coradas perante a algum elogio."
    Sou eu, HAHAHAHAHA :D

    Ei, publiquei sobre minha ida na praia, beeijos :*

    ResponderExcluir
  7. É que eu sou tímida HIHI
    Tá bom, leia depois (:
    Oh, agora a honra é minha! hahaha
    Vou te acompanhar também, beijos!

    ResponderExcluir
  8. obrigada pela dica, não mudarei o nome ^^

    e que lindo o seu jeito de escrever, mesmo mesmo *-*

    beijinho!

    ResponderExcluir
  9. Belo poema, muito inspirador. [não foi uma ironia]
    :)

    ResponderExcluir